Play Trailer

Filho de Saul

László Nemes Drama 2016 107 min
Assista em casa:
Por que assistir a este filme?

Uma história pesada, reveladora sobre os horrores da Segunda Guerra Mundial. Porém, o longa-metragem usa imagens discretas, sabendo o que mostrar (e, muitas vezes, o que não mostrar diretamente) para chocar o público. 'Filho de Saul' é, por alguns momentos, quase insuportável de assistir - e, até por isso, necessário. Vencedor do Oscar de Filme Estrangeiro em 2016.

Filho de Saul

Título original: Saul fia

Gênero: Drama Ano 2016 Classificação indicativa: +14

Duração: 107 min País: Hungria

Filho de Saul

Direção: László Nemes

Produção: Krisztina Pintér, Gábor Rajna, Gábor Sipos, Judit Stalter, Robert Vamos

Roteiro: László Nemes, Clara Royer

Elenco: Géza Röhrig, Levente Molnár, Urs Rechn, Todd Charmont, Jerzy Walczak, Gergö Farkas, Balázs Farkas, Sándor Zsótér, Marcin Czarnik, Levente Orbán, Kamil Dobrowolski, Uwe Lauer, Christian Harting, Attila Fritz, Mihály Kormos

O filme é: Afetivo, Amargo, Desesperador, Aflitivo, Dramático, Emocionante, Filmaço, Melancólico, Realista, Triste, Sensível, Sentimental, Impactante, Forte, Incômodo, Trágico

Perfil: Baseado em fatos reais, Festivais, Histórico, Política, Social

Sobre: Morte, Ditadura, Família, Holocausto, Amor, Relacionamento, Violência, Segunda Guerra Mundial

Origem: Europeu

Sinopse Outubro de 1944, campo de Auschwitz-Birkenau. Saul Ausländer é um húngaro que integra o Sonderkommando, grupo de prisioneiros judeus forçados a ajudar os nazistas no extermínio em larga escala. Trabalhando nos crematórios, Saul descobre o corpo de um garoto que acredita ser seu próprio filho.

Obrigado, agora você está inscrito na nossa newsletter!