Play Trailer

Árvores Vermelhas

Marina Willer Documentário 2017 79 min
Assista em casa:
Por que assistir a este filme?

Uma história tocante, sobre uma família judia que sobreviveu à ocupação nazista em Praga, na então Tchecoslováquia, e buscou refugio justamente no Brasil. Lá fora, o filme foi criticado pelo excesso de voice over da diretora Marina Willer (que está contando a história de seu próprio pai), pelos clichês e pieguice. Porém, para nós, brasileiros, o filme ganha uma nova camada, relembrando que somos um povo criado a partir da miscigenação, dos imigrantes, nativos, conquistadores e escravos, que abriu suas portas para os refugiados diversas vezes em seu passado. Uma história que não só não podemos esquecer, mas que também precisamos valorizar para construir um futuro com mais tolerância.

Árvores Vermelhas

Título original: Red Trees

Gênero: Documentário Ano 2017 Classificação indicativa: +12

Duração: 79 min País: Reino Unido

Árvores Vermelhas

Direção: Marina Willer

Produção: Charles S. Cohen

Roteiro: Marina Willer, Brian Eley, Leena Telén

Elenco: Alfred Willer

O filme é: Afetivo, Verossímil, Cruel, Dramático, Genuino, Instrutivo, Intenso, Melancólico, Doloroso, Reflexivo, Triste, Sentimental, Impactante, Trágico, Incômodo

Perfil: Bélico, Biografía, Festivais, Histórico, Política, Social, Trágico, Violento

Sobre: Comportamento, Morte, Etnias, Família, Despedida, Liberdade, Holocausto, Vida, Perseguição, Separação, Sociedade, Viagem, Guerra, Segunda Guerra Mundial

Origem: Britânico, Europeu

Sinopse Uma documentarista detalha como sua família judia fugiu da ocupação nazista em Praga e obteve refúgio no Brasil, onde seu pai construiu uma nova vida como arquiteto.

Obrigado, agora você está inscrito na nossa newsletter!