Play Trailer

S.O.S.: Tem um Louco Solto no Espaço

Mel Brooks Comédia 1987 96 min
Assista em casa:
Por que assistir a este filme?

Aproveitando o sucesso da franquia 'Star Wars' nos cinemas, o mítico cineasta Mel Broosk resolveu escrever, produzir e dirigir a visão dele sobre a “galáxia muito, muito distante”... O resultado é um filme que, mesmo sem ser elogiado pela crítica, divertido a geração que assistiu ao longa dos cinemas e, depois, aquela que viu nas reprises da TV. Há, claro, alguns momentos de humor forçado, mas há outros nos quais a comédia nos faz dar aquela gostosa e genuína risada.

S.O.S.: Tem um Louco Solto no Espaço

Título original: Spaceballs

Gênero: Comédia Ano 1987 Classificação indicativa: Livre

Duração: 96 min País: EUA

S.O.S.: Tem um Louco Solto no Espaço

Direção: Mel Brooks

Produção: Mel Brooks

Roteiro: Mel Brooks, Ronny Graham, Thomas Meehan

Elenco: Mel Brooks, John Candy, Rick Moranis, Bill Pullman, Daphne Zuniga, Dick Van Patten, George Wyner, Michael Winslow, Joan Rivers, John Hurt, Jim J. Bullock

O filme é: Dinâmico, Engraçado, Leve

Perfil: Conflicto, Família, Fantasía, Futurista, Espacial, Sobrenatural

Sobre: Ditadura, Encontros, Ganancia, Guerra

Origem: Norte-americano

Sinopse Destemidos – e sem a menor noção sobre nada – os heróis espaciais Lone Starr e seu companheiro meio homem/meio cão chamado Barf desencadeiam uma guerra interestelar para libertar a Princesa Vespa das garras do malvado Darth Elmo. Para efetuar o resgate – viajando em seu trailer espacial, eles enfrentam o enorme e gosmento Pizza the Hutt, a impertinente robô Dot Matrix e uma sábia criaturinha chamada Yogurt, que lhes ensina o poder do “Schwartz” para que levem a paz – e direitos de comercialização – a toda a galáxia!

Obrigado, agora você está inscrito na nossa newsletter!