Play Trailer

Gauguin: Viagem ao Taiti

Edouard Deluc Drama 2018 101 min
Assista em casa:
Por que assistir a este filme?

Estrelado por Vincent Cassel (‘Cisne Negro’), o filme aborda um dos momentos mais peculiares e interessantes do pintor pós-impressionista Paul Gauguin, quando resolveu ir até o Taiti em busca de novos ares e inspirações. Com uma fotografia linda e ótima atuação de Cassel, o longa é um interessante mergulho na mente do artista, ainda que fique devendo um roteiro mais consistente.

Gauguin: Viagem ao Taiti

Título original: Gauguin: Voyage de Tahiti

Gênero: Drama Ano 2018 Classificação indicativa: +16

Duração: 101 min País: França

Gauguin: Viagem ao Taiti

Direção: Edouard Deluc

Produção: Bruno Levy

Roteiro: Edouard Deluc, Thomas Lilti, Etienne Comar, Sarah Kaminsky

Elenco: Vincent Cassel, Tuheï Adams, Malik Zidi

O filme é: Afetivo, Delicado, Dramático, Idealista, Inteligente, Transformador, Reflexivo, Romântico, Terno

Perfil: Baseado em fatos reais, Biografía

Sobre: Comportamento, Belle Époque, Cultura, Doença, Etnias, Liberdade, Vida, Amor, Natureza, Viagem, Artes plásticas

Origem: Europeu, Francês

Sinopse França, 1891. O pintor Paul Gauguin já é bem conhecido nos círculos artísticos parisienses, está cansado do chamado mundo civilizado e de suas convenções políticas, morais e artísticas. Deixando sua esposa e filhos para trás, ele se aventura sozinho no outro extremo do mundo, o Taiti, consumido com um desejo pela pureza original, e pronto para sacrificar tudo por sua busca. Empobrecido e solitário, Gauguin entra profundamente na selva taitiana, onde conhece os Maoris e Tehura, sua musa, que inspirará suas obras mais icônicas de arte.

Obrigado, agora você está inscrito na nossa newsletter!