Play Trailer

Infiltrado na Klan

Spike Lee Drama 2018 134 min
Assista em casa:
Por que assistir a este filme?

Baseado em uma história real (ainda que com algumas liberdades poéticas, ainda mais em seu último ato), ‘Infiltrado na Klan’ conta o momento no qual um policial negro (interpretado por John David Washington, filho de Denzel Washington) conseguiu se infiltrar na organização extremista Ku Klux Klan. Nos encontros presenciais ele, claro, era substituído por outro oficial, branco, vivido por Adam Driver (‘Star Wars: O Despertar da Força’). Apesar de serem eventos passados, o filme reverbera acontecimentos extremamente atuais, criticando o atual governo dos EUA (e do presidente Donald Trump) – além de recapitular a origem da KKK a partir do filme ‘O Nascimento de uma Nação’. A direção é de Spike Lee (‘Faça a Coisa Certa’), que traz o seu estilo característico, incluindo referências a ‘...E o Vento Levou’.

Infiltrado na Klan

Título original: BlacKkKlansman

Gênero: Drama Ano 2018 Classificação indicativa: +14

Duração: 134 min País: EUA

Infiltrado na Klan

Direção: Spike Lee

Produção: Jason Blum, Spike Lee, Raymond Mansfield, Sean McKittrick, Jordan Peele, David Rabinowitz, Shaun Redick, Charlie Wachtel

Roteiro: Charlie Wachtel, David Rabinowitz

Elenco: John David Washington, Adam Driver, Laura Harrier

O filme é: Ousado, Dramático, Divertido, Instrutivo, Intenso, Reflexivo, Forte, Empolgante

Perfil: Baseado em fatos reais, Conflicto, Festivais, Política, Social, Inclusão Social

Sobre: Comportamento, Crime, Morte, Encontros, Etnias, Política, Sociedade, Violência

Origem: Norte-americano

Sinopse Em 1978, Ron Stallworth, um policial negro do Colorado, conseguiu se infiltrar na Ku Klux Klan local. Ele se comunicava com os outros membros do grupo através de telefonemas e cartas, quando precisava estar fisicamente presente enviava um outro policial branco no seu lugar. Depois de meses de investigação, Ron se tornou o líder da seita, sendo responsável por sabotar uma série de linchamentos e outros crimes de ódio orquestrados pelos racistas.

Obrigado, agora você está inscrito na nossa newsletter!