Play Trailer

Histórias que Nosso Cinema (não) Contava

  • IMDb 7.1
Fernanda Pessoa Documentário 2018 80 min
Assista em casa:
Por que assistir a este filme?

As pornochanchadas foram, em sua época, mais do que filmes de soft-porn. Eram, também, retratos da sociedade, além de críticas sociais e políticas. Por isso, este documentário, assinado pela diretora Fernanda Pessoa, recorta trechos de filmes da época, em uma montagem bastante interessante. O resultado não é apenas uma crítica social e política, mas uma preservação de um momento importante (e pouco valorizado) do cinema nacional.

Histórias que Nosso Cinema (não) Contava

Título original: Histórias que Nosso Cinema (não) Contava

Gênero: Documentário Ano 2018 Classificação indicativa: +16

Duração: 80 min País: Brasil

Histórias que Nosso Cinema (não) Contava

Direção: Fernanda Pessoa

Produção: Fernanda Pessoa, Alice Riff, Julia Borges Araña

Roteiro: Fernanda Pessoa

Elenco: Jotta Barroso, Henriqueta Brieba, Jorge Chaia, Nadia Lippi, Carlo Mossy, Meiry Vieira, Pedro de Lara

O filme é: Ousado, Disruptivo, Inteligente, Reflexivo, Desbocado

Perfil: Erótico, Política, Social

Sobre: Comportamento, Cultura, Política, Protestos

Origem: Brasileiro, Latino-americano

Sinopse O documentário realiza uma releitura dos anos 1970 no Brasil através apenas de imagens e sons de filmes populares da época, muitos considerados "pornochanchadas", o gênero mais visto e produzido no período.

Obrigado, agora você está inscrito na nossa newsletter!