Pixel do Facebook

Emma.

Autumn de Wilde
Emma.Emma.
(2020)

Trailer

Sinopse

Bonita, inteligente e rica, Emma Woodhouse é uma abelha rinha inquieta sem rivais em sua pacata cidade natal. Nesta sátira brilhante sobre classes sociais e as dores do amadurecimento, Emma deve aventurar-se através de jogos equivocados e erros românticos para encontrar o amor que tem estado lá o tempo todo.

Ficha técnica

Por que assistir a este filme?

O romance ‘Emma’, de Jane Austen, já ganhou diversas adaptações. Nos cinemas, a mais famosa foi a de 1996, com Gwyneth Paltrow, que deu um ar despretensioso na história da garota que quer mandar no casamento de todos ao seu redor. Isso sem falar da versão de 1997, com Kate Beckinsale, e uma minissérie esquecível de 2009. Agora, a clássica história ganha uma releitura moderninha sob a batuta da conceituada fotógrafa e estreante em direção Autumn de Wilde. Bebendo do estilo de ‘Maria Antonieta’, de Sofia Coppola, o filme investe em cores, cenários e fotografia deslumbrantes para dar uma sensação de história mais antenada com a realidade. E isso funciona. A protagonista Anya Taylor-Joy (‘Vidro’) vive uma Emma detestável, como é no livro, mas cheia de camadas. Enquanto isso, Mia Goth ('Suspiria') e Bill Nighy (‘Questão de Tempo’) fazem as vezes de escapes cômicos, com atuações divertidíssimas. Fãs das adaptações bucólicas dos romances de Austen podem se decepcionar. É preciso estar aberto às novas experimentações com essas histórias, que já chegaram numa saturação difícil de superar ao longo dos últimos anos.

Matheus Mans

Matheus Mans

Redator do Filmmelier

Onde assistir?

Obrigado, agora você está inscrito na nossa newsletter!