Filmes de Terror

Muitos podem achar que o cinema de terror se resume apenas a sustos. No entanto, este é um gênero com uma imensa gama de possibilidades narrativas, estéticas e cinematográficas. Só nos últimos anos, por exemplo, o público encontrou filmes com fortes metáforas sociais, monstros que mexem com a imaginação e um universo compartilhado.

Neste último caso, nada de super-heróis. Os paranormais Ed e Lorraine Warren são os fios condutores de todo o universo de ‘Invocação do Mal’, que conta com demônios bizarros, bonecas amaldiçoadas e até freiras possuídas. E já são oito filmes! Dentre eles, uma trilogia completa de ‘Annabelle’, três filmes principais e até um obscuro, ‘A Maldição da Chorona’.

Mas claro: não podemos esquecer dos fantasmas “tradicionais”, em filmes que se firmaram como representações perfeitas dessa figura. Produções como ‘Poltergeist: O Fenômeno’ e ‘Ring: O Chamado’ deixaram muitas pessoas sem dormir e com medo do escuro à noite.

Outras histórias que rendem franquias “infinitas” são as produções sobre assassinos. Filmes como ‘Brinquedo Assassino’, ‘Sexta-Feira 13’, ‘Pânico’ e ‘A Hora do Pesadelo’ mexeram com os ânimos do público, que aprenderam a ter medo -- e a rir -- de personagens como Freddy Krueger, Jason e até o boneco Chuck. Ganharam dezenas de filmes e até remakes.

Monstros modernos

Indo além do óbvio, vários filmes começaram a apostar em monstros atualizados e que falam sobre dores atuais. Em ‘O Homem Invisível’, por exemplo, há uma atualização em cima da figura clássica. Deixa de ser um homem sofrendo, por não ser enxergado, para ser o homem que pratica violência doméstica e, mesmo assim, não é visto pela sociedade.

Outro filme que aposta numa metáfora intensa, e que ganhou público por isso, é o australiano ‘O Babadook’. Dirigido por Jennifer Kent, o longa-metragem se aprofunda na temática da depressão usando a figura bizarra de uma assombração. ‘Midsommar: O Mal Não Espera a Noite’ vai por um caminho parecido, mas com um estética diferenciada.

A Netflix, enquanto isso, apostou no filme espanhol ‘O Poço’ para chamar a atenção sobre as mazelas humanas. Ainda que a metáfora não seja tão sutil quando ‘O Babadook’ e ‘Midsommar’, é algo relevante, atual e que chamou a atenção das pessoas. Afinal, nada melhor falar sobre a realidade social e política do que através do horror e do suspense.

Experiências

Por fim, para quem busca diversão sem compromisso, o terror também oferece opções. ‘Um Lugar Silencioso’, assim como sua vindoura sequência, traz uma história empolgante sobre criaturas que perseguem humanos por meio de sons. É uma experiência angustiante e diferenciada, que encantou os fãs. É um filme sobre família, sobrevivência e humanidade.

Vale ressaltar, também, que vale a visita aos filmes clássicos do horror, como ‘O Gabinete do Dr. Caligari’ e ‘Nosferatu’. Dão uma visão diferenciada sobre o gênero e como filmes atuais, seja ‘Invocação do Mal’ ou ‘O Babadook’, foram gerados. E, principalmente, assim dá para entender a diversidade do gênero. Que tem espaço para todos os tipos de gosto.

Obrigado, agora você está inscrito na nossa newsletter!